Cuiabá, 2 de Outubro de 2014

Facebook Twitter Rss
29.08.2013 | 09h29
A- | A+


VARIEDADES / APENAS 19 ANOS

Ex fala de Neymar, Bruna Marquezine e do filho; Carol Dantas dá sua primeira entrevista

Mãe de Davi Lucca, a estudante fala da relação com o atleta, diz que é moça prendada e começa a experimentar o gosto da fama.



Carol Dantas decidiu experimentar o gostinho da fama e provar que é mais que a ex de Neymar, com quem tem um filho, Davi Lucca, de 2 anos. A estudante, de 19 anos, que sonha se formar em Medicina, deu a primeira entrevista de sua vida para o EGO. No bate-papo no Parque do Ibirapuera, na zona Sul de São Paulo, ela contou seus planos, como cuida do menino e falou da relação com o jogador, que atualmente está morando na Espanha, onde atua jogando pelo Barcelona.

“Fazia cursinho, agora estudo em casa por causa do Davi, que está precisando mais de mim, sente muita falta. Com o tempo mais livre, até o fim do ano quero fazer algumas coisas diferentes, trabalhos com publicidade. Nunca tive vontade, isso nunca foi nem é minha prioridade, bateu agora. Quero minha independência financeira. Mas não me vejo sendo atriz”, explicou Carol, ainda sem saber que ramo da Medicina seguir: “Queria obstetrícia, mas muda muito. Minha irmã mudou várias vezes. Nunca tive plano B, sempre quis ser médica”.

Apesar da vontade de estar na mídia, Carol não quer saber de posar nua. “Nunca! Nunca pensei. Nem de biquíní eu gosto. Evito postar fotos no Instagram de biquíni ou decote”, afirma ela, que malha duas vezes por dia e segue uma dieta para ficar com tudo em cima. “Doce e chocolate é o que sinto mais falta de comer”. Solteira, ela garante que é prendada. "Eu me viro bem na cozinha. Faço sopa, estrogonofe, cozinho tudo. Limpo a casa... Sou pra casar!", diverte-se.

Filho

Davi, que foi amamentado até os oito meses, ocupa boa parte do seu tempo. “É cansativo, ele é muito agitado. Davi acorda às 9h e já quer brincar de esconder. Volta da escolinha à tarde ligadão e quer ir dormir meia-noite. Com isso meu sono muda, mas tem sido muito bom. Coloquei-o na escola para ter amiguinhos da idade dele, porque convive só com adultos. Ele fala ‘poxa vida’. Que criança de 2 anos fala isso? E repete o que ouve os adultos falando. Eu brigo se ele falar palavrão. Está falando tudo, está demais”, vibra.

Na semana passada, ela comemorou o aniversário do garoto: “Fizemos só para a família. No sábado, 24, fomos ao Parque da Xuxa para não passar em branco”. Segundo Carol, não deve acontecer outra comemoração para que o pai participe. “Ano que vem a gente pensa em festa de novo”, diz.

Por conta do filho, está mais complicado fazer programas próprios da sua idade, como curtir a noite na balada. “Quando ele era mais novinho que não falava, dormia e ia com todo mundo, eu podia sair. Claro que não tanto quanto antes, mas minha mãe ficava com ele. Agora o Davi acorda no meio da noite me chamando, tem ficado mais difícil. Mas todas as minhas amigas entendem”, explica Carol.

Com duas tatuagens no corpo – a frase “Endless love”, que fez para as duas irmãs, e o nome de Davi Lucca -, ela não pensa em fazer outra por enquanto. “Não devo fazer mais porque a com o nome dele é muito grande. Se eu tiver outro filho, vou ficar toda tatuada”. Então pode-se esperar um irmão para o garoto? “Não, não! (risos) Eu amei ser mãe, mas não, sou muito nova!", avisa.

Gravidez

A estudante conta que ao descobrir que estava grávida, aos 17 anos, passou uns dois meses sem falar direito. "Eu respondia só o necessário, fiquei em choque. Minha mãe ficou um pouco brava comigo, mas depois entendeu e foi comigo fazer os exames. As fãs do Juninho (maneira como se refere a Neymar) me xingavam, tive que sair de todas as redes sociais. Grávida fica sensível e o mais difícil foi as pessoas falando coisas de você que não são verdade, julgando e xingando”.

Neymar

Carol e Neymar se conheceram quando ela tinha 16 anos através de amigos em comum. "A gente sempre saía, se via, mas eu não gostava de falar que ficava com ele porque tinha gente da minha família que não gostava que eu me envolvesse com jogador de futebol, pela fama que eles têm. A gente nunca deixou de se falar e aí aconteceu”, lembra ela.

Ter mudado de Santos, no litoral de São Paulo, para Barcelona, na Espanha, não tem sido empecilho para Neymar e o filho se relacionarem. “A gente é muito amigo, mandamos fotos um para o outro e nos seguimos nas redes sociais. Neymar é um pai muito presente. A gente que combina as visitas. É tudo amigável, tudo que eu preciso a gente conversa e resolve. Melhor assim. Meus pais são separados e têm uma relação ótima, nunca tiveram problemas de não deixar o filho ver o pai. Queria isso também, é bom pro Davi a gente ser amigo", afirma a estudante.

Relação com Bruna Marquezine

Davi também adora Bruna Marquezine, atual namorada do pai. "Uma vez, ele foi pra casa do Neymar e voltou contando que viu a 'Buna', e que ela é 'gande'. Falou que eles brincaram de esconde-esconde e, quando a viu na TV, na "Dança dos famosos", também reconheceu: 'A Buna'. Eu a vi duas vezes e não tenho por que ter nada contra ela nem contra a Rafaella (Santos, irmã do jogador)".

Miriam Nogueira, mãe de Carol, apoia a filha. "Carol é uma supermãe e muito amiga do Neymar e da família dele. Fazem fofoquinha sobre ela e Rafaella, mas elas se dão bem, conversam, não há nada disso. Agora ela quer fazer algo diferente, enquanto não se forma em Medicina". A avó coruja é só elogios ao neto. "Ele é bem mimadinho por todo mundo, dos dois lados da família".



(2) COMENTÁRIOS









janah  26.09.13 18h19
oww.. super fofa vc carol! não ligue para oque os outros falam.. vc é uma diva!
carla  02.09.13 11h22
carol divaaaaa, vc é otima pessoa! adoro vc linda, educada, e super carismática e tudo de bom!!!! parabéns

TV REPÓRTER