Cuiabá, 23 de Setembro de 2014

Facebook Twitter Rss
07.03.2013 | 22h09
A- | A+


POLÍTICA / ESQUEMA DA "PIRÂMIDE"

Promotora reúne provas para ação contra a Telexfree no MPE

A TelexFree não tem números de telefone para contato. No site oficial consta um formulário para perguntas. Conforme o site Contas Abertas, estima-se que em 2012 a TelexFre faturou R$ 300 milhões



Responsável pela 1ª Promotoria Cível de Lucas do Rio Verde (350 quilômetros de Cuiabá), a promotora Fernanda Pawelek investiga um organizador de palestras sobre o TelexFree, na cidade. TF é uma empresa de telefonia via internet que oferece ganhos semanais em dólar pela publicação de anúncios online.


O Ministério Público do Estado (MPE) instaurou inquérito civil para investigar o sistema que ofereceria "risco aos interesses econômicos" dos participantes e pode esconder um esquema do tipo "pirâmide".


A promotora diz que vai  remeter documentos a um dos colegas de Cuiabá. “As investigações apontam para a propagação do TelexFree em outros municípios do Estado. Acredito que, após ouvir e reunir provas em Lucas do Rio Verde, vou ter que mandar o inquérito para outro promotor de Cuiabá. A empresa dá ênfase no sistema de indicação de pessoas e não no serviço oferecido, não havendo qualquer ligação entre os ganhos do consumidores/divulgadores com a comercialização do serviço da TelexFree", apontou Fermanda, em trecho da portaria que abriu a investigação.


A promotora encaminhou ofício ao Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) pedindo que seja apurada uma possível infração administrativa. Ao Ministério da Fazenda, solicitou toda a documentação relacionada à empresa, cuja sede no Brasil fica em um shopping de Vitória (ES).


A TelexFree não tem números de telefone para contato. Em seu site oficial, consta apenas um formulário para o envio de perguntas, mas o serviço é aberto somente a usuários com cadastro.
Conforme o site Contas Abertas, estima-se que em 2012 a TelexFree faturou algo em torno de R$ 300 milhões. “Como se trata de uma pirâmide, a velocidade de multiplicação é imensa, fazendo com que este ano possamos chegar a algo em torno de R$ 1 bilhão, caso não quebre antes”.


Para entrar no negócio, há possibilidade de aderir ao ADCentral (US$ 299) e ADCentral Family (US$ 1.375). “O ‘modelo’ de empreendedor da empresa é um cidadão chamado Júnior, que faz vídeos com carrões e apartamentos que teria comprado, com dinheiro da Telexfree”.



(37) COMENTÁRIOS









ana beatriz silva peixoto  01.05.13 21h05
poxa governo puta merda viu me descupe eu tenho 15 anos doida para arrumar emprego jovem aprendiz e é apenas dos 16 cassete os menores pode matar estrupar acredir professores e não vai preso pode fazer um monte de besteiras porisso que antigamente o governo era melhor jovens já podiam trabalhar mais fazer oque governo é foda ninguém pode nada contra o governo droga
adriano mt  31.03.13 23h03
é meu irmao ai é só pros ninja eu nao do conta vou prepara minha mala aqui pra eu acelera meu caminhao que telexfree nao trata ninguem e ainda nao vi ninguem tratar do povo com resultado dissso ainda,aqui o meu suor ainda vale mais que o risco ai desses capixaba ....diserto eles cansaram de cerrrar pedra de marmore e extrair granito ai foram ser com o auxilio de algums cariocas ali e tuddibaummm.....enquanto issso aqui é rebite e dj wagner tuddiibaum
emanuel gomes   30.03.13 12h03
pessoal dentro do meu criterio ninguem vai ganhar dinheiro publicando anuncio esso e uma tamanha barca furada cuidado pra nao ficar no prejuizo tenho varios colegas que entrarao ambos mim confersarao que a voip de alguns deles pegam e outros nao uma fria pense muito antes de entrarem pra nao ter prejuizo aprendir que pra ganhar dinheiro e subir na vida temos que ralar muito nao se resumi em 1 minuto publicando anuncio
Davi Ferreira  26.03.13 12h03
Dentro da minha expertise em investigação digital adquirida no período que estive na Delegacia Interativa-DEIC-AL, efetuei alguns levantamentos e a empresa do ponto de vista fiscal/financeiro/administrativo, atende todas as exigências legais para poder desenvolver seu negócio em solo brasileiro. Fui convidado a conhecer essa oportunidade de negócios e como a maioria das pessoas que são convidadas inicialmente, fiquei extremamente desconfiado, após dias de análises e levando em consideração a opinião de um grande economista alagoano (Que convidei para analisar a proposta), decidi entrar no negócio e posso afirmar que é extremamente viável. Com certeza se não fosse viável também compartilharia com todos, e se quiserem correr o "risco" de ganhar um bom dinheiro extra e de forma lícita é só entrar em contato comigo via Face/e-mail:d4vi.ferreira@gmail.com ou por telefone: (35)8814 3637. Um grande abraço pra todos e fiquem com a seguinte reflexão de Bill Gates: " A maneira como você coleta, gerencia e utiliza as informações determina se você vai vencer ou perder".
Bruno  25.03.13 22h03
eu pensso que ir ou não para a telexfree é algo que tem que ser bem exminado para evitar no futuro possiveis percas e contrangimentos.

TV REPÓRTER